Primeira usina Hidrelétrica de Campinas é desativada após 109 anos de funcionamento

0
640

Após 109 anos de funcionamento, Usina Hidrelétrica de Campinas, a Macaco Branco foi desativada

A empresa CPFL foi responsável pelo encerramento da Usina Hidrelétrica Macaco, em Campinas, que foi a primeira Usina hidrelétrica da cidade construída, no ano de 1911, a princípio sua área será inundada pela futura represa de Pedreira, que é o projeto do governo do estado para garantir a segurança hídrica da região de Campinas. A CPFL declarou em nota que, com a desativação, a área passa a ser propriedade do DAEE – Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado. É estimado pelo DAEE, que a área comece a ser inundada logo no segundo semestre de 2021.

Nova represa irá alagar fazendas quase tombadas pelo patrimônio em Campinas

Em campinas, além da usina hidrelétrica, a futura represa irá alagar também áreas da Fazenda Roseira, que está no local desde o século 19, incluindo também todo o seu conjunto arquitetônico, localizado no distrito de Joaquim Egídio, e também a mata do Córrego Linde. A usina hidrelétrica e a Fazenda já se encontravam em processo de tombamento, como patrimônio histórico de Campinas, porém, no ano de 2016, o Condepacc decidiu pelo arquivamento dos estudos em prol do aumento da segurança hídrica, que virá com a construção da represa.

Dentro da área da nova represa que será construída, está também o arquivamento do processo de tombamento da Fazenda Espirito Santo, que será também alagada.

O entendimento dos técnicos, na época, foi que não seria necessário o tombamento da usina hidrelétrica, um derradeiro do início do processo de eletrificação, pois há outras usinas no mesmo do mesmo período já tombadas. O mesmo ocorre com a fazenda. São existentes várias fazendas naquela região já tombadas, que preservam um estilo arquitetônico da época.

Origem: Primeira usina Hidrelétrica de Campinas é desativada após 109 anos de funcionamento | CPG Click Petroleo e Gas