Após chuvas, Rio Atibaia continua cheio e preocupa famílias da região

0
513

Chuvas atingiram cidades da região de Campinas na quinta e sexta-feira.
Defesa Civil informou que a situação ainda é de risco de inundações.

Após as chuvas que atingiram Campinas (SP) e outras cidades da região na quinta-feira (10) e sexta-feira (11), famílias ainda tentam recuperar suas casas alagadas após a elevação na vazão do Rio Atibaia. No sábado, nove cidades declararam estado de alerta e a Defesa Civil informou que há possibilidade de novas inundações.

Segundo o coordenador da Defesa Civil de Campinas, Sidney Furtado, a situação ainda é de risco: “Já não tem mais pra onde ter o escoamento pra água. Tudo o que vem, ela passa por cima, ela vai inundando tudo. Ela vai transbordar de forma natural”, explica.

A estudante Sueli Aparecida diz que não vai colocar a casa em ordem, por medo do que pode acontecer: “Eu até ia arrumar a minha casa, mas nem vou descer nada. O rio está bem cheio e a Defesa Civil já avisou que vai subir. Agora é esperar”, desabafa.

A chuva
Na quinta (10), a chuva atingiu Campinas (SP) e cidades da região. Os 128 mm eram esperados para todo o mês de março. Por conta disso, o Rio Atibaia teve a sua maior vazão em 16 anos e alagou algumas casas.

Antes de chegar em Campinas, o manancial recebe água de outros locais, como do Ribeirão Pinheiros, em Valinhos. E, por isso, o rio já chega com nível elevado na cidade

Rodovia Dom Pedro I alagou na sexta-feira (11) devido à vasão do Rio Atibaia (Foto: Reprodução/EPTV)Rodovia Dom Pedro I alagou na sexta-feira (11)
devido à vasão do Rio Atibaia (Reprodução/EPTV)

Áreas mais afetadas
Em Sousas, pelo menos 70 pessoas precisaram deixar suas casas. Na subprefeitura do distrito, os funcionários se revezam para limpar a sede desde o fim de semana. Documentos e computadores foram perdidos.

A Rodovia Dom Pedro precisou ser interditada por causa da água que invadiu a via. A concessionária responsável pela via bloqueou o local por alguns minutos.

No Vale das Garças, em Barão Geraldo, a situação é crítica. O local fica ao lado do Rio Atibaia, o que pode provocar novos alagamentos. No Recanto dos Dourados, famílias ficaram desabrigadas.

No sábado (12), por sua vez, famílias aproveitaram para limpar as casas após o nível do rio baixar.

Famílias ficaram desabrigadas na região após chuva de quinta e sexta-feira (Foto: Reprodução/EPTV)Famílias ficaram desabrigadas na região após chuva de quinta e sexta-feira (Foto: Reprodução/EPTV)