Assaltante esfaqueia advogada em praça de Sousas

0
1489
Assalto aconteceu na Praça Beira Rio, um dos pontos mais movimentados do distritoGoogle/Reprodução

Assalto aconteceu na Praça Beira Rio, um dos pontos mais movimentados do distrito

Um homem armado com uma faca assaltou três mulheres na tarde de quarta-feira (12) na Praça Beira-Rio, no distrito de Sousas, em Campinas. Uma das vítimas, filha da ex-vereadora Teresinha de Carvalho, foi esfaqueada durante a ação. A advogada Elaine de Cássia Colicigno teve o pulmão perfurado e foi levada para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Vera Cruz, onde permanecia internada em estado estável na noite desta quinta-feira (13).
O ataque ao trio aconteceu por volta das 13h, quando Elaine, sua sócia e uma amiga desceram de um carro conversível e caminhavam para um restaurante próximo.
O acusado pelo assalto, identificado pela polícia como Fabio de Jesus Ribeiro, abordou as vítimas sinalizando ter uma arma embaixo da camiseta. Elaine não percebeu o assalto e, ao se assustar com a aproximação do criminoso, deixou a bolsa cair no chão derrubando pertences como celular e carteira. Neste momento, segundo a polícia, o acusado puxou a blusa de Elaine e sacou a faca, desferindo golpe que levou a vítima ao chão. Ele fugiu a pé pelas ruas do distrito sem levar nenhum objeto.
O acusado foi identificado como Fabio de Jesus Ribeiro, ele estava em liberdade condicional
Um homem que passava pelo local fez um vídeo que ajudou nas buscas da Polícia Militar, com apoio do helicóptero Águia e a Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam).
Após duas horas, a polícia conseguiu chegar à casa do suspeito, que reagiu à voz de prisão e acabou sendo imobilizado, algemado e levado para o 4º Distrito Policial, onde a ocorrência foi registrada.
Ribeiro, que é conhecido pelos moradores do distrito por ser violento, foi autuado em flagrante por tentativa de latrocínio. As amigas de Elaine foram até a delegacia e reconheceram o homem, que cumpre liberdade condicional por uma tentativa de assalto em 2012 a uma mulher com um criança de colo, também em Sousas. Ribeiro que tem passagem por homicídio. Ele foi encaminhado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Hortolândia.
“Sousas precisa de mais segurança. Não tem base fixa da Polícia Militar ou Guarda Municipal. Isso inibiria a ação de bandidos”, disse a ex-vereadora Teresinha.
A Secretaria de Estado da Segurança Pública foi procurada para se manifestar sobre a segurança em Sousas, mas não retornou até o fechamento desta edição.

Fonte: Correio Popular