PM liberta em Hortolândia casal sequestrado em Sousas

0
510
Um homem morreu na manhã deste sábado (19) após troca de tiros com policiais militares na Avenida Moraes Salles, região do Ventura Mall, no bairro Nova Campinas, em Campinas. A ocorrência aconteceu por volta das 7h, após o suspeito participar de um sequestro de dois parentes de um empresário no distrito de Joaquim Egídio. Outros dois bandidos que também tiveram participação no crime foram presos no início da tarde, em Hortolândia.
As vítimas foram liberadas também no começo da tarde e passam bem. Os criminosos não tiveram tempo de pedir resgate para família.
Foi o segundo crime violento praticado à luz do dia e em uma via movimentada da região central da cidade em menos de uma semana. Na quinta-feira, o assalto com tiros foi na Avenida Norte-Sul (veja texto abaixo).
De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime de ontem começou na Rodovia Heitor Penteado, em Sousas, quando três homens em um Toyota Fielder abordaram o veículo Honda Fit que o casal utilizava pedindo para eles pararem.
Nesse momento, os suspeitos saíram atirando contra um policial militar, que estava de folga e vinha logo atrás, em Jetta, fazendo segurança pessoal. Todos saíam do estabelecimento em que trabalhavam, depois de trabalharem a noite toda. Havia também um terceiro carro, com outros seguranças do empresário, que deixou o local.
Os criminosos se dividiram. Um dos bandidos rendeu as vítimas no Fit e fugiu com eles no veículo. Os outros bandidos seguiram em direções opostas. Um criminoso fugiu com o automóvel do policial e o outro, que utilizava o Toyota Fielder, tentou escapar das viaturas da polícia pela Avenida Moraes Salles, onde foi perseguido e acabou colidindo com um Corsa, na região do Ventura Mall.
Nesse momento, para não ser preso, o criminoso saiu do carro e tentou fugir a pé. Ele invadiu uma residência na Rua Dr. Manoel Afonso Ferreira, pelos fundos. Policiais do 35<SC210,186> Batalhão da PM cercaram a casa e deram voz de prisão, mas ele não se entregou. Houve troca de tiros, e, ao tentar pular o muro, o homem foi atingido na cabeça pela polícia. Com ele foi apreendido uma arma com a numeração raspada. Dentro do Toyota havia também munições de calibre 12 e toucas ninjas.
Segundo o aspirante da PM Marco Antônio Peternucci, o Honda Fit foi localizado vazio na Estrada do Mão Branca, em Hortolândia. O automóvel do policial foi encontrado no bairro Jardim das Andorinhas, em Campinas. O veículo Toyota Fielder tinha sido roubado em Hortolândia e estava com placa clonada. A ocorrência foi registrada no 1<SC210,186> Distrito Policial. Uma equipe de perícia técnica esteve no residência onde o bandido foi morto.
Susto
O proprietário da casa onde o suspeito foi baleado, acordou com os tiros no fundo de casa e assustou com o barulho de alguma pessoa correndo no telhado. “Fiquei assustado, olhei pela janela de casa e vi aquele monte de policiais em cima do muro e gritando cerca o quarteirão. Em seguida, o policial pediu para abrir o portão. Logo depois, ouvi mais tiros e alguém dizendo que tinham acertado. Mas foi um susto”, disse.
A Polícia Civil encontrou o cativeiro onde o casal era mantido, em uma casa em Hortolândia. As vítimas liberadas não tiveram ferimentos e, fora o susto, passam bem. Os policiais militares encontraram o local por meio de investigação. A Polícia Civil investiga o caso com duas frentes. Primeira, como um roubo que não deu certo, e segunda, como sequestro para pedir o resgate.
A vítima do automóvel Corsa, que foi atingido pelo bandido na Avenida Moraes Sales, uma das principais vias de acesso da cidade, teve apenas ferimentos leves.