Ponte que liga Joaquim Egídio à D. Pedro será demolida

0
694

ponte-joaquim-egidio-dom-pedroI-vicinal-artespA velha ponte que dá acesso ao Distrito de Joaquim Egídio, na altura do km 122 da Rodovia D. Pedro I, que atualmente continua interditada. De acordo com o subprefeito do distrito Marcelo Duarte, em seu lugar projeta-se a construção de uma ponte maior e mais resistente. A ponte foi atingida pelas enchentes do rio Atibaia no primeiro semestre de 2016, o que comprometeu sua estrutura. De acordo com a concessionária Rota das Bandeiras, o local já apresentava sinais de deterioração e teve as fissuras ampliadas após a segunda enchente. Os danos foram comprovados com uma vistoria técnica e o laudo entregue a Prefeitura de Campinas.

Indagada sobre o prazo de construção da nova ponte, a assessoria da Agência de Transportes de São Paulo, a Artesp, emitiu a seguinte nota: “Embora, não seja obrigação contratual da concessionária da Rodovia D. Pedro I, a Rota das Bandeiras, em conjunto com a ARTESP, irá elaborar um projeto para a construção de uma nova ponte, porém ainda não há detalhes desse projeto, nem prazos para a sua aprovação. A concessionária Rota das Bandeiras orienta os motoristas sobre as rotas alternativas para o acesso ao bairro Joaquim Egídio”, informou.

Já o subprefeito de Joaquim Egídio, Marcelo Duarte da Conceição, o projeto de construção da nova ponte será uma obra de ‘’médio porte’’ e pede para que os moradores tenham paciência por não poderutilizar a ponte. ‘’Apesar do transtorno que a população está sendo obrigada a passar, tem um ponto positivo que é a construção de uma nova ponte, que será maior e possibilitará o trafego maior de veículos’’. Para completar o subprefeito ainda endossa o trabalho da subprefeitura e do apoio do prefeito. ‘’A subprefeitura, não iria permitir que a obra fosse feita sem todos os processos legais, o prefeito Jonas Donizete e o secretário de infraestruturaPedro Leone, estão cuidando pessoalmente deste novo projeto junto à secretaria do Verde’’.Em relação aos prazos, o subprefeito faz uma estimativa de que “provavelmente” a ponte será finalizada no mês de agosto de 2018, porém ele reafirma que é apenas uma estimativa.

Enquanto, não se finaliza o projeto e a construção da nova ponte, a subprefeitura de Joaquim Egídio e a Rota das Bandeiras recomendam que os moradores que precisam acessar a estrada de terra Dona Isabel Fragoso Ferrão(CAM 127), tem apenas uma alternativa, que é a entrada principal de Sousas, no Km 127 da D. Pedro I.

O subprefeito também falou também sobre a pavimentação da CAM-127, a estrada vicinal que liga a Rodovia D. Pedro I (SP-065) ao distrito de Joaquim Egídio, segundo ele, o projeto continua em estudo para colocação de pavimento, após uma resolução do CONGEAPA. “Enquanto, o estudo não sai do papel, a concessionária Rota das Bandeiras continua cuidando da estrada utilizando-se de bica corrida, material resultante de britagem, e também o uso do patrol(motoniveladora), além da colocação de novas sinalizações na CAM 127 para melhor trafego de veículos”, finaliza.

Fonte: Ponte que liga Joaquim Egídio à D. Pedro será demolida – Jornal Local | Jornal Local